quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Cartas na Manga

Durante as compras do mês, descobriu numa liquidação, artigos excelentes por preços convincentes.

Adorou uma vassoura bem peluda, de cerdas macias. Apressada, levou-a, voando, para o trabalho no hospital.
Ao ver a paciente que catava piolhos na cabeça do alfinete, não se conteve: queria melhorá-la e deu-lhe um trato caprichado. Deixou-a uma louca varrida.

4 comentários:

*** disse...

Mamãe,
a cada dia que leio suas coisas, gosto mais.
Parabéns!
Te amo! Cá

paula salerno disse...

Nossa, adorei esse texto... muito bom... foi o que mais gostei até agora!!

parabens...

paula

Quem sou eu? disse...

Amiga, que alegria saber que finalmente está no mundo virtual e nos encantando mais ainda com seus escritos que há muito sou fã incondicional. Este," Cartas na Manga", em particular, mostra toda sua verve literária e uma particularidade que amo: o desfecho inusitado e lúdico que seus contos nos brindam. Parabéns, poetamiga! Nossas almas e mentes agradecem pela originalidade e magia. Lívia Tucci

inezalves disse...

Gostei muito !!!
" E de tão linda, a antes doida
saiu louca, levada e feliz pelas
mãos do lixeiro que a com-tinha. "

Feliztudopratodos...
Bjs inezalves