domingo, 6 de abril de 2008

"Caríssima Tânia:
... O ME 18 ficou realmente uma beleza,um encanto. Por inteiro. Superou todas as minhas espectativas. Trabalho digno de louvor e respeito. Você demonstrou mais uma vez competência e sensibilidade no trato para com o Poético. Parabéns!!!
Estou degustando bem devagarinho. Quero sentir os diversos cheiros e sabores do nosso Livro.
Li os textos da Graça Graúna e do Amigo Dário Cotrim, muito bons."

Doris Araujo

Nenhum comentário: