domingo, 25 de maio de 2008

ELIZABETH GONTIJO

AGENDA

Singro o tempo indivisível
tento, em vão, nortear a viagem.

Terça-feira:
Pela manhã, mercado central.
Vago entre ruídos...
quase perco a saída.
Aporto em banca de ungüentos...

Sexta-feira:
O chão encerado reflete a grafia incerta de meus passos.
Divago com favos e abelhas.
Às três horas dentista.
Um alento: posso morder a maçã.

Beiro, insabida, o insano.

Domingo:
Dia da graça.
_ Maria, coça minhas costas?

Na nostalgia da costela repartida
Adão me pede, de novo,
para ser Eva.

2 comentários:

Helga disse...

um livro de antologia de escritoras mineiras e eu Helga Lima escreverei sobre você. Que tal uma conversa? seria viável para você? O livro tem como coordenadora Constancia Duarte da UFMG. Espero que goste de estar no livro. Obrigada
helgalmc@hotmail.com

Helga disse...

Elizabeth tenho tentado mandar emais para vc, mas a caixa de mens está sempre cheia. estou parada na minha pesquisa sobre vc. Se poder me escreva. helgamlc@hotmail.com