quinta-feira, 26 de junho de 2008

Caleidoscópio

. . .
- Giro sempre, e a cada volta me encontro nova e desconhecida mas,
com leve sabor de algo talvez provado um dia.
E pressinto formas e vejo novos caminhos mas, nem sempre sigo a
estrada. Por quê?
Descubro, ao fim, que o mundo é apenas um louco pião a girar em torno de si mesmo. E me encanta saber que o verdadeiro caleidoscópio sou eu mesma, minha mente, que apenas reflete as maravilhas do infinito a cada giro de minha procura. E os desenhos assim formados, um dia serão o quebra-cabeças completado. E terei vencido . . .
Assim falou Zara, a Truta.