quarta-feira, 30 de setembro de 2015

A Saga ME   -  Mulheres  Emergentes   - Parte  7. 1 

Ano 20    No. 75    Maio  2009    Tiragem  1.000 exemplares  




Mulheres Emergentes
Trata-se de um cartaz sensual criado por Tânia Diniz, 
em novembro de 1989 oferecendo um espaço inovador 
de publicação para poetas mulheres. 
Esse cartaz-espaço tem sido levado, através dos anos, a todas as publicações e lugares públicos ou de universidades e de academias, lutando para acabar com o preconceito contra as mulheres poetas e escritoras, e seu especial estilo feminino. (...)    


 - apresentando o ME aos associados do IWA -


Teresinka Pereira 
                          
                                
     Otawa Hills - Ohio - USA  -  Brasileira, escritora, poeta, tradutora,  Presidente da Associação Internacional de Escritores e Artistas ( IWA ), uma organização que tem 1402 membros nos cinco continentes.



Editorial - Tânia DIniz - BH _ MG
Ilustração - poema ilustrado por Iara Abreu - artista plástica - BH- MG



Truques poéticos / há nas linhas... - Júlia Zuza - BH - MG

Vício I - líria porto - Araguari - MG 

Cenas - Tânia Diniz - BH _ MG -ilustração de Iara Abreu - BH- MG
 
conto de um flagrante materno - Xico Sá - São Paulo - SP 


O manacá da serra floriu... - Djanira Pio - São Paulo - SP 

Sola - Carmen  Matut - Guatemala - tradução de Tânia Diniz - BH

Fruta - Priscila Borges - Viçosa - MG reside em BH 

Corpo e alma - Jeanete M.B. Ruaro - BH - MG 

Transplante em vida - Fabrício Carpinejar - Caxias do Sul - RS 

Cachos de ipê/ no ar... - Ma. Beatriz Sandoval Camargo - São Paulo - SP 

Balanço - Cyntia Valente - Florianópolis - SC 

"Eram os deuses astronautas?"- Sérgio Ossiliere -BH-MG reside em Florianópolis - SC

Mantra - Luzia Machado Noronha - S.B. do Campo - SP 

À sombra da vida - Dalva Storch - BH - MG

Vereda dos seixos!... - J.B.Donadon-Leal - Mariana - MG 

Encanto adjacente - Romério Rômulo - Ouro Preto - MG 




Editorial 
 

No cristalino céu azul de maio, ecoam flautas, estrelas, lágrimas e risos.
A poesia tecida em vidas que preparam maiores voos, em alegria de descobertas, em doces momentos do meditar e do compartilhar ...
Nossos poemas para você, leitor!

                                                                              a editora

terça-feira, 29 de setembro de 2015


A Saga  ME  -  Mulheres  Emergentes  -    Parte  7. 0 


Ano 20     No. 74    Abril  2009         Tiragem 1.000 exemplares





Tânia Diniz é uma guerreira, poeta e escritora de primeira linha. 
Merece nosso respeito e reconhecimento. 
Parabéns e tudo de bom.

     Ronaldo Zenha   
 
Set.15 - Boa Esperança -MG reside em BH -   Psicólogo, professor e poeta.


Editorial

" tudo ainda é tal e qual  
e, no entanto, nada é igual " 
         Caetano Veloso 

Com uma profunda alegria, finalmente retorno de forma regular a publicação do ME!
Vencedores, ME e eu,aqui estamos plenos de poesia e 
agradecendo a todos que sempre acreditaram no meu trabalho,
 em especial, o agente Marco Llobus, maravilhosa pessoa que, com seu trabalho e incentivo, possibilitou a aprovação do 
projeto ME pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura,
 razão desta minha retomada de forma mais serena.
Nesta nova fase, tentando colocar em ordem a numeração 
que se tornou caótica em alguns momentos, 
iniciamos o ano 20 ME neste número e 
seguiremos  de forma especial, mensalmente,  pela  duração 
do apoio da LMIC.
São 20 anos de muita luta e muitas vitórias, 
onde aprendi a domar a impaciência, com atrasos ou não, 
o importante era sair o jornal!
 E assim, aos trancos e barrancos, em tempo, fora do tempo, paixão pura, o ME ganhou o mundo, descobriu poetas inéditos, mostrou aqueles já conhecidos, trouxe estrangeiros, antigos, contemporâneos,
 exaltou o feminino, a Arte nas formas possíveis, abriu caminhos, fez amigos.foi premiado, respeitado, reconhecido, 
organizou concursos internacionais, 
foi meu bálsamo na dor da luta pela saúde, É sempre felicidade!
Então,
 experimentando, inovando, contando também com você, leitor, 
recebendo suas colaborações, participando de todas as formas, 
seguiremos a nova trilha.

                                   a editora



Ilustração - Jussara Rocha - BH - MG (acervo ME/1997)

Homenagem à amiga e antiga colaboradora que virou estrela há cerca de um ano. Saudades!


Tatuagem - Elizabeth Gontijo - BH - MG 

Por muito pouco - Sílvia Rubião - BH- MG

158.   Agora eu sei como se sente... - Martha Medeiros - Porto Alegre - RS

Ele tem os cabelos verdes - Marigê Quirino Marchini - São Paulo - SP 

VIII - Um girassol se... - Manoel de Barros - Campo Grande - MS 

Nostalgia - Telma da Costa - Rio de Janeiro - RJ 

Berenice - Cida Pedrosa - Bodocó - CE  editora do site www.interpoética.com

Sedução - Tânia Diniz - BH_ MG

Ante o diamante /ela ama... - Suzana Mafra - Brusque - SC 

Lírica - Márcio Almeida - Oliveira - MG

Gnose de âmbra - Carolina Barreto - Juiz de Fora - MG 

Rubra carne - Jussara Salazar - natural de Pernambuco, vive em Curitiba - PR











                                                                                                               

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

A Saga  ME -  Mulheres Emergentes  -  Parte  6. 7

Ano 18      Suplemento ao no.71           3o.trimestre 2008  
                           
                                                        Tiragem 1.000 exemplares





A poeta , escritora e ativista cultural Clevane Pessoa, radicada em BH há mais de 30 anos, apresentou-me o belo e significativo Mulheres Emergentes, coordenado pela poeta multi-talentosa Tânia Diniz
Desde minha chegada ao sul da Alemanha, tenho organizado e coordenado eventos culturais,  promovendo o que temos de melhor no
 Brasil, nossa arte e literatura. 
É uma honra apresentar este projeto em Augsburg!


Acredito que Mulheres Emergentes proporciona a todos 
um senso de integridade e união, já que todo o 
espaҫo é utilizado graciosamente pelas letras e artes, 
de mulheres e homens que revelam através das palavras e cores 
seu lado mais sensível e criativo.


Congratulações, querida Tânia, 
desejo que um dia venha colorir nossos eventos com 
seu entusiasmo e energia. 
Nossa Mãe Terra necessita de projetos como o seu, 
de aprendizados compartilhados, em um contínuo fluir, 
criando uma constante e criativa maneira
 de SER Mulher Emergente



Alexandra Magalhães Zeiner


Escritora e Embaixadora da Paz na Alemanha pelo Círculo Universal dos Embaixadores da Paz (Franҫa-Suíҫa)



ME- Mulheres Emergentes chegando na Alemanha em uma data muito especial:   
Dia Internacional da Paz

Grata pelo presente, querida Tânia Diniz!

 Alexandra Magalhães Zeiner 
 21 .9. 2015  Alemanha 



Editorial - Tânia Diniz - BH - MG

Ilustração - fotos do arquivo de Diovvani Mendonça - Contagem - MG

                       e desenho de Guido Boletti italiano radicado em  BH - MG



  
Poemas de Diovvani Mendonça 

Ziar - e versão para o italiano de Guido Boletti 

Poemárvore - Paulo Urban - São Paulo - SP

Transfusão 

P x p = 2p`s = = P´D+

Papagaiado 

Capim navalha 

Blindagem 

Auto-elogio à minha alma palhaça 

Passos mágicos 

Creia-me  

Pequena descoberta noturna 

Constatação 

Cuidado com pontas expostas 
 

Editorial 


Continuando a deliciosa saga  de preparar MEs para cobrir as ainda existentes  (e forçadas) lacunas da publicação, trago nesta edição
 um singular poeta e agitador cultural: 
Diovvani Mendonça!
Idealizador do projeto Pão & Poesia, que leva a poesia nos sacos de pães das padarias ou com seu carro, a Margarida - a velha Rural Willys - biblioteca itinerante (entre outras coisas), Diovvani, como os mineiros costumam ser, é batalhador e produtivo na sua fala mansa e cativante, nos seus inúmeros projetos culturais.
A você , leitor, o prazer de descobri-lo com o ME!
                                                                            a editora 

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

A Saga  ME  -  Mulheres  Emergentes -  Parte 6.6

Ano 18   No. 70   1o. semestre de 2008  Especial  Tiragem 1.000 exemplares 



 
Querida Tania,
ayer recibí la belleza de Mullheres Emergentes. ¡Que regalo precioso!
Tanta actividad durante tantos años. Felicitaciones amiga poeta...

Mañana es la primera presentación de los poemas póster (en el que está incluido el tuyo) en la Universidad Santo Tomás, y el sábado es la otra exposición en el centro de la ciudad, en la Biblioteca Pública.

Un abrazo
Nela

                         
                                Nela Río   

     Sobre exposição ME /novembro 2013 - poeta, professora, investigadora da literatura.
                                    Fredericton - Canadá


Editorial - Tânia Diniz _ BH _ MG
Ilustração - capturadas da internet 



Poemas de Kiko Ferreira 

Risco 
Lero
armstrong 
enterrem meu coração...
Nem tudo ... 
trópico 
A capella
flash back 
sangue.. 
camiseta 
Coda 
Como tenho pensado ...
Buy buy Brasil 
nouvelle cuisine
Ainda / me sobram... 
Quando a boca cansa... 
Decido pelo cio... 
Refrão 
Foi-se o tempo... 
É fatal / não matar o desejo... 


Editorial 

Depois da atualização do ME (pela pausa inesperada da saúde), o desejo de continuidade do trabalho se acentua e os velhos projetos se impõem, apesar dos novos. A vontade de fazer ME especiais, daqueles que mostram trabalhos  de um só autor e que buscam dar mais brilho ao já reluzente, traz o conhecido aperto no peito quando das boas ideias. Então me decidi. E para deleite dos leitores, abrindo de novo a senda, este ME Especial de Kiko Ferreira!   

                                                                        a editora

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

A Saga  ME -   Mulheres Emergentes   -  Parte  6.5

Ano 16    No. 67     2o.semestre 2008    Tiragem 1.000 exemplares  

ps - no próprio ME saiu com erro, como 1o. semestre, ossos do ofício...rsrsrs







Mulheres Emergentes: bodas de prata feita à braço e ouro



Bodas de prata de um casamento entre a poesia e o protagonismo do Mulheres Emergentes, sonho e visão da poeta Tânia Diniz, que, no braço, no peito, sangue e coração, coloca Beagá no cenário da literatura brasileira, demonstrando que lugar de mulher é onde ela quiser, apesar dos tantos desafios que se colocam o caminho. Mas pedras se tiram do caminho com a força evocativa das palavras e do trabalho duro dos mineiros, seja no aluvião ou nas profundezas da rocha-mulher, transformando-as em filigrana, verbo-ouro; poesia-vida.

Resistência, eis a grande qualidade do ME, que, no decurso desses anos, desloca os olhares do banal para o sublime, sem perder o foco na realidade, recriada pelas vozes de mulheres valentes sob a égide da arte como chave de compreensão do mundo e seus dilemas, difícil empresa, já que, na pós modernidade, o tempo se liquefaz, as relações se tornam distantes e as identidades escapam dos dedos: as marcas dos passos na estrada são apagadas pelas intempéries. É preciso ir sempre e mais rumo ao novo, ao desconhecido.

Contudo, mesmo em face do ritmo acelerado no qual circulam as informações, estonteando a todos nós, o ME se coloca em movimento sem perder a identidade. Empoderadas, essas mulheres não se vestem com a coragem de homens. São mulheres mesmo, cedendo seu tempo à criação, engendrando vida nas palavras! Vida que é feita de encantamento – e por vezes dor, pois ainda é preciso romper com muitas barreiras. Tânia, que, mesmo vez ou outra tragada pelas vagas do existir, emerge trazendo em sua trama de versos e de trabalho, outras mulheres-sereias que, poderosíssimas, encantam com seu canto... 

                         Leonardo Costaneto,
Contagem - MG.  Formado em Letras, mestrando em educação pela UFMG,  professor da rede pública de ensino e poeta de alma barroca e portenha (!)

 
Pioneira, eis o que és, poetesse! 
Lindo trabalho, querida Tânia Diniz ! Você é, sim, pioneira. Vamos incentivar as meninas a seguirem seu caminho!
                                                     Leonardo
                    




Editorial - Tânia Diniz - BH - MG
Ilustração -  Asa - Marcos Venuto - Brasil - 1999



Na/ casa os pais habitavam... - Vera Casa Nova - BH - MG 

Para nascer uma flor... - Neuza Ladeira - BH - MG 

VII-Tu piel/laberinto...- Gladys Basagoitia -peruana,vive em Perugia- Itália trad. Tânia Diniz _ BH

Amar-te no mar - Cristiane Grando - SP SP

Onde o poema - Ma. Esther Maciel -  Patos de Minas - MG 

Soneto - José Aloise Bahia -  Bambuí - MG

Coberta - Giselda Penteado di Guglielmo - SP  SP 

Reencontrou-o. Torpor!...  - Tânia Diniz - BH _ MG

Bem-servida - Ana Elisa Ribeiro - BH -MG

O poeta passa por nós - Georgino Júnior - Montes Claros - MG 

Desencontro de corpos ... - Ana Carol Diniz - BH - MG 

Homenagem a Aroldo Pereira ...


Editorial 

Desde o belo final de inverno que adentrou o 2o. semestre do ano, ME  prepara-se para grandes comemorações! Entre todas, uma bem especial: o lançamento deste número que o atualiza completamente pós longa pausa forçada e que festeja a chegada de seus produtivos  e poéticos 18 anos! E a adorável expectativa de recomeçar, sempre cercada de poesia.   Brindemos!  

                                                                                           a editora

terça-feira, 22 de setembro de 2015

A Saga  ME     -     Mulheres  Emergentes    -    Parte  6.4

Ano 14     Nos.56.57.58.59    Jan.a Dez. 2004    Especialíssimo  

Tiragem 1.000 exemplares 






Não basta apenas criar um projeto cultural,tem que ter inspiração e 
o tal zelo e tanto ,que o Poeta falou. 
Admirável o trabalho,a sensibilidade,o empenho e a determinação de 
   Tânia Diniz, com o ME - Mulheres Emergentes - por todos esses anos 
  e muitos que virão. 
    E o sucesso desse trabalho solidário e precioso,sem descaracterizar sua feição inicial.é um reconhecimento mais que justo a quem de direito... 
PARABÉNS E OBRIGADO!




Edilberto Djuba Pires  

Lagoa Santa - MG
                        restaurador de livros , encadernador , poeta e delirante




Editorial - Tânia Diniz - BH _ MG
Ilustração - Eliane Accioly Fonseca - São Paulo - SP



Re-encontro - Tânia Diniz - BH _ MG 

Lua em leão - Sandra Penna - BH- MG

A santa ceia - Katia Drummond - brasileira radicada em Sintra -Portugal 

(Des)classificada - Sweet Ragi  

Pacífico - Andréa Cátropa - São Paulo -  SP 

Dentro - Júlio Emílio Tentaterra - BH - MG 

Nota de viagem -  Max S. Moreira - Cel. Fabriciano - MG - vive em BH.

Vejo no céu ... - Ana Carol Diniz - BH - MG 

Razão de equilíbrio - Vera Albers - São Paulo -  SP 

Felliniana - Ronaldo Zenha - Boa Esperança - MG vive em BH.

À sombra dos murais em flor -  Bárbara Lia - Curitiba - PR 

Intrigante lua... - Andréia Donadon Leal - Mariana - MG 

Gaivota - Gabriel Bicalho - Mariana - MG 
 
Frutos caem ... -  J.S. Ferreira - Mariana - MG 

Um sol preguiçoso ... - J.B.Donadon  Leal - Mariana - MG


Editorial 

Mais um ME anual! 
Valendo por mais dois e preenchendo nosso vazio poético do já passado ano de 2004, como a musa em desuso, busca e aceita - necessita - sempre poesia! 
                                                     
                                                                                     a editora