sábado, 20 de junho de 2015

Hoje quero mostrar-lhes um antigo continho meu, ou um poema? que eu amo:



Mitos

O coração flui ternuras em busca de ti:

o beijo além da face, a lança que trespasse.

Oh doce, belo guerreiro, apascenta minh´alma,

ovelha pagã. (Condena o oráculo à espera vã?).

No céu-grafite, noite-neón, fulguram pra mim

estrelas de orion.              
Tania Diniz  



Gostaram?  Comentem, por favor.
bom final de semana,
bjocas,
tânia