segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Ecos do Sementes de Poesia de ontem, 19 de novembro...





 Um haicaizinho :


Tal nuvens lilases 
ondeando ao vento leve.
Canteiro de hortênsias.
              tânia diniz


E algumas fotos:

 Eu, Tânia Diniz, Maria Tereza Penna, Regina Mello e Elci Paiva


  De novo nós e Sandra Fonseca aqui do meu ladinho, quase saindo, assim de lado, com seu olhar 43...




e a poesia em ação com Regina Mello e Mariza Sorriso

 e outro movimento da foto oficial...

Bom dia queridos!
tânia

domingo, 19 de novembro de 2017





Olá amigos!

Hoje, 19 de novembro de 2017, teve mais um excelente Sementes de Poesia, da Regina Mello, lá no Parque Municipal.

Como chovia, foi preciso mudar o local, da Praça dos Fundadores para o Orquidário. Ficou ótimo e ainda parou de chover, rsrs!!!  

A convidada de hoje foi a escritora e cantora Mariza Sorriso, do Rio de Janeiro. 

Por enquanto, tenho apenas essa foto oficial aí abaixo mas que não tem todos os participantes, porque alguns tiveram que sair apressados...

Então, 
da esquerda para a direita, os nomes de quem sei. Perdoem-me os que esqueci os nomes e os enviem, a mim, por favor.

Fred Weissmann, Dora de Oliveira (atrás dela, a filha), Olga Valeska,  Glorinha, Kátia Amaral, Sandra Fonseca (de laranja), Regina Mello e Mariza Sorriso, eu - Tânia, de azul, Todd Marshall, de chapéu, atrás de mim, Consolação, de óculos, Tereza Penna e Elci Paiva...





Aqui, eu - Tânia, com a querida Olga Valeska e MEs...



Assim, um registro poético do domingo, até receber novas e melhores fotos.

E deixo um poeminha desejando ótima semana a todos!


Lírios amarelos
se inclinam ao sol. Inveja 
do girassol!

 tânia diniz 


chau. Bjim, t.
   







sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Novo ME !!!!


A MEGA NOTÍCIA SAIU PRIMEIRO NO BLOG DA ANACAROL!

Pena que aqui ainda não o temos a cores. Esse é em papel vergê cinza claro e tinta vinho. Muito lindo!!!!

(aí, resolvi fazer a foto abaixo, perdoem o amadorismo, só pra ver o colorido, por enquanto, rsrs)

E lá embaixo, estão listados o editorial, artista plástica, os participantes e seus poemas.

Peço aos autores, a gentileza de enviarem in box/email seus endereços postais para posterior envio de exemplares a vocês.

                                                       * * *
http://anacaracol.blogspot.com.br/

Mais um Mulheres Emergentes saindo do forno. Um trabalho lindo que há alguns anos edito junto com a minha mãe amada, Tânia Diniz.Ele, projeto idealizado por ela, há quase 30 anos, um mural poético que enfatiza o feminino nas Artes.A publicação é trimestral, apesar da licença poética de se permitir intervalos maiores ou menores, pelas circunstâncias... a paixão é assim.Com circulação internacional, o ME coloca autores novos ao lado dos já consagrados. 
Neste número, tem também um texto meu. ;)

                                                          (foto sobre matelassê)



Ano 28  *  No. 91 -Etapa Fênix : referente aos 04 números de 2017 - Jan. a Dez. 2017

Editorial 

Na esteira de luz, cíclico, em oboé de Mozart e flores de primavera, Mulheres Emergentes ressurge, emergindo das costumeiras batalhas, das cotidianas lutas pela saúde e pela sobrevivência poética.
Plena de poesia, nestes 28 anos de existência, apesar das dificuldades, sinto-me pronta para preencher as lacunas. Mais uma etapa de fênix! 
A cada vez, colocaremos em dia, por ano ou semestre, conforme o necessário, os números que não pudemos editar na época certa.
Para que nunca deixemos de trazer a vocês, leitores, a esperança do Belo, a certeza de que a alegria e um pouco de poesia, podem mudar o mundo.

                                                   As editoras


IlustraçãoRegina Mello - BH- MG

Poemas e autores

esteira de luz... - Tânia Diniz - BH -MG
Eu que pensava fosse o amor... - Affonso Romano de Sant`Anna - RJ -RJ 
Esculturas vivas... - Adriane Garcia - BH- MG
primeiro dia de primavera... - Yassu Noguchi - RJ- RJ
O evangelho segundo as orquídeas - Maria Balé - SP-SP
E quem me vê no longe... - Gerusa Zelnys - SP - SP
Neurolinguística - Adélia Prado - Divinópolis - MG
flores da lua... - Ydeo Oga - SP - SP
só voo... - Valéria Tarelho - SP - SP 
Memórias - AnaCarol Diniz Hassui - BH - MG 
Reza Brava - Reca Poletti - Ponta Grossa - PR
primavera ... - Clara Baccarin - SP - SP 
Desenhe círculos... - Paula Taitelbaum - Porto Alegre - RS 
Caiu do pé... - Leila Brito - BH - MG 
Cíclico - Ma. de Lourdes Hortas - Recife - PE
Ser - Bianka de Andrade - BH - MG 
Poema ao desejo - Maria Teresa Horta - Lisboa- Portugal 
Entre-me... - Lúcia Santos - São Luís - MA
Cálida - Ana Paula Sobrinho - Contagem - MG 

Apreciem, comentem!!!
chau, bjim,
tânia







quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Um dia de saudades, reviver as alegrias...

Para ilustrar, um poeminha que fiz pra querida amiga Teruko Oda e ofereço a todas a/os outr/a/os :


como um anzol
no tempo fisgo a lembrança.
saudades de ti!
                                                             td

Nessa foto estamos: 

Bilá Bernardes, Clevane Pessoa,eu Tânia Diniz, e ao centro, Leila Míccolis (RJ), em algum evento aqui em BH, há uns cinco anos, talvez... 


Ah, abaixo duas outras queridas amigas, de Dakila Pesquisas. 
Estefânia Soares- de azul-  e Linna Andrade (que virou estrela no dia 11 de novembro 17, sábado atrasado - Minha saudade e homenagem!...

Nooossaaa, nessa foto aí, ME e eu estamos na Revista Isto É, em fevereiro de 1993... era uma beleza e eu não sabia, rsrsrs
Esse delicioso encontro aí, na casa da querida Neuza Ladeira, estou eu, Tânia, e os excelentes poetas, Simón Zavala, do Equador e Roberto Bianchi, do Urugauy, em um papo cabeça que treinou meu espanhol, rsrsrs



E no mesmo encontro,eu Tânia, entre os maravilhosos poetas equatorianos, Humberto Varela e Simón Zavala...


Em outro encontro, meu papo com a querida Iara Abreu, maravilhosa artista plástica...
Em uma apresentação minha no Palácio das Artes, meu encontro com a amiga Fabiana Silva, linda!!!

Ainda em 2015, as lindas: poeta Norma de Souza Lopes(BH) e escritora, fotógrafa, etc, Maria Balé (SP), após um show do amigo Eduardo Filizolla...



E em dezembro de 2015, no último evento do ano, do Noites Azuis, no Centro Cultural de Contagem, organizado pelo poeta Leonardo Costaneto, estamos:  ele, Vera Macedo, eu - Tânia, se não me engano, Vinicius e de pé, Lecy Sousa...


Bem, sem mais por hoje,
bjim,chau,
tânia

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Graúna...

Queridos,

hoje me acontece a forte lembrança de mais uma querida amiga , a escritora Graça Graúna .

Conheçam seu blogue, seus livros, seu trabalho maravilhoso em prol da cultura indígena.

E transcrevo aqui, de seu blogue, seu texto pelos 25 anos do ME!!!! Apreciem!!!


http://ggrauna.blogspot.com.br/search?q=tania+diniz


domingo, 16 de agosto de 2015


O sensual em cartaz: um legado poético




Dizem que a paixão é um sentimento efêmero, mas não é o que sugere a estreita relação entre autor, texto e leitor na saga da “Editora Mulheres Emergentes”, idealizada por Tânia Diniz, em Belo Horizonte/Minas Gerais. 
A boa relação vence o tempo. Por isso, faz parte desse amor o desejo, a confiança, o senso crítico, o respeito ao outro e a coragem de expor as vozes de mulheres de diversas regiões do Brasil e tantos outros países.  Com o propósito de levar ao público uma literatura que surpreende e provoca, e de reiterar o amor e o respeito ao fazer literário, a editora transformou o jornal mural“Mulheres Emergentes: o sensual em cartaz” em instrumento de luta: pelo menos, foi isso que eu intuí quando fui convidada a colaborar com o mural: um lugar incomum para expor minhas inquietações em torno do ser e estar no mundo; onde me reconheciam cada verso escrito por escritoras(res) que contribuíram para a boa repercussão da Editora  M.E. Nesse ritmo, a Editora acolheu a parceria dos poetas Wilmar da Silva Andrade e Flávio César de Andrade que escreveram com Tania Diniz o livro “Bashô em Nós”, Coleção Milênio. A propósito de outros nomes publicados pela M.E,  cabe sublinhar: Adão Ventura, Barbara Lia, Berenice Heringer, Eliane Accioly Fonseca, Helton Gonçalves de Souza, Hugo Pontes, Johnny Batista Guimarães, Iara Vieira, Lúcia Serra, Sandro Starling, Silvia Anspach, Teruko Oda , Vera Casa Nova, e eu mesma, entre outros.
Editora M.E: um legado poético. Vinte e cinco anos de respiração movida pela paixão, pela arte. Vinte e cinco anos de poesia e resistência no trato da palavra oriunda de homens e mulheres que reafirmam a perenidade da arte e deixam, como afirma Tânia Diniz, “a mais profunda herança: o Belo”. Em síntese, seria redundância perguntar de onde vem a força que contribui para a sobrevivência da Editora ME?

                                                    Nordeste do Brasil, julho de 2015
Graça Graúna 
         (Povo potiguara /RN) profa., poeta, pesquisadora

Antologia ME 18

Cá estou entre as autoras de mais uma antologia organizada por Tania Diniz. O prefácio é da poetamiga Leila Miccolis, co-editora do site Blocos - portal de literatura. O lançamento acontece em Belô - MG.

ana carol / auxiliadora de carvalho lago / andreia donadon leal - mariana, mg / beatriz amaral -sp / brenda mars - brasília, df / clevane pessoa de araújo / conceição parreiras abritta / dagmar braga / débora novaes de castro - sp / djanira pio-sp / daris araújo - m claros-mg / edinéia alves/ eliane accioly fonseca - sp / elizabeth gontijo / elza ramos amaral - sp / france gripp / graça graúna-recife-pe / graça rios / iara alves / ivete walty / karina araújo campos / leticia naveira - sp / liria porto / lívia tucci / lúcia daniel-paris-frança / lúcia serra / maria lourdes hortas-recife - pe / marina silva / micheline lage- timóteo-mg / mônica anspach - sp / nazareth fonseca / neuza ladeira / raquel naveira - sp / regina mello / silvana pagano / silvia anspach-sp / simone neves / stella machado-juiz de fora-mg / tânia diniz / tânia pagano / vera casa nova


Origami e poesia pela Paz

O texto abaixo foi enviado por Clevane Pessoa (uma poetamiga) aos militantes da Paz. Tania Diniz e demais poetas do grupo Mulheres Emergentes, Leila Miccolis, Clevane Pessoa e outros(as) estão envolvidas neste projeto. Divulgue! Participe!

Árvore da Paz: sexta feira-25 de abril, BH-MG
A Paz deve ser parte imprescindível do processo educativo.Amanhã, os Poetas pela PAZ e pela Poesia, estarão no centro Cultural S.Bernardo, no Bairro de mesmo nome, em Belo Horizonte, capital do Estado de MG, para declamarem poemas e os pendurarem em uma árvore.Marilza Máximo, funcionária que mantém oficinas de artesanato e origamis, preparou sua turminha e a cada poema declamada, um poema será colocado ná árvore, com um origami. Esperamos que dois rapazes que foram alunos de Teatro de Fernando Fabrini e andam em pernas de pau, possam estar lá,para alcançar os galhos mais altos.Aliás, se você desenvolveu essa habilidade, esteja lá, para compartilhar conosco desse momento.Na ocasião, contarei a história da pré-adolescente Sadako Sassaki, vítima da bomba atômica lançada sobre Hiroshima e que fazia origamis de grous, ave sagrada, escrevendo a palavra PAZ em suas asas.Marilda terá ensinado às crianças a dobrarem os "tsurus"- e os adultos que quiserem também poderão aprender.Outras atividades serão realizadas, farei dinâmicas e relaxamentos. Esperamos sua preciosa presença se puder estar conosco das 15 às 16:30 horas também leremos e penduraremos poemas impressos no tema da Paz, que foram graciosamente oferecidos pela Gráfica e Editora "O Lutador",para o evento PAZ e Poesia", que no dia 30/03/2008, reuniu poetas .Foram distribuídos 152 mil poemas e 1200 livros.O endereço do Centro Cultural S.Bernardo,que conta ainda com salão de exposições (onde está a dos posteres virtuais de Marco Llobus, Hus Manus), auditório, salas de aula , biblioteca, pátio:Rua Edna Quintel 320 São Bernardo Zona 0 Tel:3277 7416 http://br.mc508.mail.yahoo.com/mc/compose?to=e-mail%3Accsb@pbh.gov.br A imagem, enviada por Telma Aparecida Souza, tem , no corpo, a palavra Paz escrita em vários idiomas.Agradeço o envio.Desconheço os créditos.Se alguém souber, mande-me, por favor.

alguns livros de Graça Graúna...




domingo, 12 de novembro de 2017

Recordações...

Em algum momento do evento ME pelo dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, na Status - Savassi, eu e parte da exposição contra a violência contra a mulher...2015, se não me engano...


                                    O encontro inesperado da semana passada! Alegria!!!
Aroldo Pereira (Psiu Poético, Montes Claros-MG), eu - Tânia ,e a professora Magda Macêdo (MClaros, MG)




No evento acontecido no Mineirinho, quando recebi linda homenagem da Banda Tancredos,
aproveitei pra enviar o troféu ME para a amiga Clevane, que depois enviou a foto...



                                                                            foto: Clevane Pessoa  e Juciléia Botelho
Troféu de acrílico negro pela participação no júri do Concurso de Miniconto e poesia de Mulheres Emergentes (ME) , internacional, editado por Tânia Diniz.
Clevane Pessoa-com a fotógrafa Ciléia Botelho, representando Tânia Diniz , que o enviou do Mineirinho*show especial da Banda tancredos, no qual a poeta Tânia Diniz foi uma das homenageadas, por seu combate ao Câncer-nas atividades pelo Outubro Rosa, na banda.Guardo com carinho esse troféu.
Clevane Pessoa (com Ciléia, vestindo as camisetas do Outubro Rosa, da banda Tancredos(logo com arte de Allez Pessoa)

Bom final de domingo, amigos!
chau, t.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Amigos,
olha aí um poeminha que tirei do baú:
 
Fulgurante! Mas,
habita os vãos de sua vida!
Não amada, só amante.
                    tânia diniz


Recordando bons encontros !!!


 "poeta Christian Guimarães entre os produtores culturais e poetas Djami Sezostre e Tânia Diniz
       
                   no evento ARTE VIVA "Sentimento do Mundo", no Hospital Galba Velloso..."



Post do amigo jornalista e escritor, Dimas Lopes, de ontem, 09 de novembro de 2017...
        e nada é por acaso..., fazia teeempo...foi uma delícia!!!! 
 
A FEIRA
Agora, na I Feira Mineira das Mulheres do Campo, que, até amanhã, é promovida na Praça da ALMG, em BH, além de apreciar as delícias culinárias e artesanais do Interior, encontro, por acaso, os amigos produtores culturais, Haroldo Pereira (Montes Claros-MG), Tania Diniz (editora do jornal-mural "Mulheres Emergentes"/BH) e Magda Martins (Montes Claros-MG).
(Fotos/Smartphone)

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Estudando o haicai, agora da escola de Guilherme de Almeida... 

Susto

a bela roseira
como hera se apega ao domo 
nova trepadeira
                                tânia diniz   


Janela 

curiosa a lua
 na fria noite, minguante, espia 
a moça nua
                   tânia diniz 

rs...um dia chego lá, não ?
será que o de ontem era melhor ??? 

mas,

As lembranças me assaltam... 

no Jornal do Brasil, 1989, Rio de Janeiro...

Os pacotes poéticos Mulher EmBalada, havia três versões , cada um com cinco poemas diferentes mas, todos em papel vergê e com amarrinho de cetim (como dizia o querido Olavo Romano). Não me lembro agora se 1992 ou 1994...




Afff, não sei virar...notícias do concurso ME em Praga, República Tcheca ... 1994

Não é bom lembrar????



Boa semana.
Chau, queridos!

sábado, 4 de novembro de 2017

Nesse sábado, mais uma boa notícia recente! E mais algumas lembranças felizes...

     Bom fim de semana e resto de feriadão, amigos!


               Estou na página 73, com muito orgulho!!!

                REVISTA EISFLUÊNCIAS DE OUTUBRO/2017

                                      49ª EDIÇÃO - 8º ANIVERSÁRIO

                                   Com 320 autores de residência em 13 Países e 21 novos autores - COM O NOSSO ABRAÇO

Informação nº 05/Outubro/2017

Estimados autores, leitores, e amigos

É com imenso prazer que lhes trazemos a Revista eisFluências do mês de Outubro/2017 na sua 49ª Edição
8º ANIVERSÁRIO
Aos digníssimos Escritores, residentes em 13 países, que nos privilegiaram com um total de 320 participações,
das quais 21 participações são de NOVOS AUTORES, agradecemos a prestimosa e honrosa colaboração.
Gratos somos também pelas inúmeras mensagens festivas e poemas alusivos ao nosso 8º Aniversário.
Bem-Hajam, queridos autores, por festejarem conosco este mês especial!

Para Ler a Revista clicar em:



Todas as Revistas já editadas, podem ser consultadas a qualquer momento na FÉNIX, sob o link que criámos para o efeito:


Agradecemos que deixem os vossos comentários no Livro de Visitas da Revista eisFLUÊNCIAS:


Nunca será demais repetir que ficaremos sempre gratos se cada leitor fizer a divulgação que lhe for possível
no seu site ou blogue, se o tiver, ou por qualquer outro meio ao seu alcance.

Esperando que tenham uma agradável leitura, e gratos por estarem conosco, as nossas saudações literárias.

***

Fernanda LiberAto e eu, no Arte Viva do Galba Velloso, mês passado...

 

Lembram da gente cantando meus poemas? Em outro evento, 2013, Lívia Tucci e eu, Tânia, de novo...


Abaixo, vista parcial da exposição ME na Universidade de Salsburg, Áustria, em 2001,
 sob a curadoria do saudoso amigo, da Revista XICoATL, Luis Alfredo Duarte Herrera...


 Meu livro de haicais, Bashô em Nós, de 1996, co-autoria com
Flávio César de Freitas Andrade e Wilmar Silva. Capa da saudosa amiga Jussara Rocha.
 Livro que recebeu Menção Honrosa no Prêmio Ribeiro Couto, RJ.


Um dos modelos das camisetas ME, de 1994 ou 96?, vendidas em BH, SP e Rio...adorei a etiqueta de seda que eu mesma criei...
Em março de 1990, matéria do poeta e jornalista Márcio Almeida, no Suplemento Literário, sobre o ME:



Um momento do meu Terças Poéticas, no Palácio das Artes, mais recente. No palco, a amadafilha AnaCarol e Wilmar Silva, hoje, Djami Sezostre, rs...



E meu haicaizinho guilhermiano (uma das correntes do haicai) :  

de manhã
acorda o sol 
na aurora, canta lá fora
um rouxinol!  
                     tânia diniz
Bjim, chau. t.