segunda-feira, 12 de março de 2018

Sucesso total!!!!

11 de Março  2018  Domingo   

Amigos queridos,


nosso Sarau Mulheres Emergentes / Grito de Mujer  ,
 Mulheres pela Paz,  Mil Poemas por la Paz e Antologias Logos e Fênix  

realizado no dia 8 de março, o Dia Internacional da Mulher, no Centro de Referência da Juventude - CRJ - na Praça da Estação foi um evento maravilhoso!

A grande plateia constava quase que somente de poetas, meninas engajadas na luta pelos direitos da Mulher, pelo movimento de valorização da mulher negra, da trabalhadora rural, enfim, todas nós, rapazes que nos apoiam, poetas de outras linhas, cantoras, apenas espectadores...

Foi de uma surpreendente diversidade e participação, como verão abaixo em algumas fotos. 

Choveu muito, teve muitas manifestações pelo centro da cidade, trânsito difícil, o que poderia - e deve - ter dificultado muitas presenças mas, mesmo assim foi sensacional!!!

O evento foi coordenado por mim, Tânia Diniz, em parceria com Jael Uribe (Grito de Mujer), de Santo Domingo, e demais parceiros citados acima.

Tive o apoio das fiéis poetamigas Clevane Pessoa (que, acamada, não pôde ir), Lívia Tucci e minha amada filha co-editora, AnaCarol Diniz Hassui, além da fantástica assessoria de Norma de Souza Lopes. 
Sem esquecer o apoio da querida Alexandra Magalhães Zeiner, que está fazendo durante o mês de março o seu Mulheres pela Paz na Alemanha, Europa, e onde está sendo lançado também o Mulheres Emergentes Especial de março 2018 - da Paz e das Mulheres , número 92, ano 29.

E o apoio incrível da equipe da Biblioteca do CRJ, Rodrigo Teixeira,
Érica Lima e Samuel Medina.

Contou ainda com a abertura da Exposição Mulheres Emergentes 29 Anos que ali ficará até abril.


Ainda aguardo novas fotos e as irei postando quando chegarem.

POR MOTIVOS DE FORÇA MAIOR, TAMBÉM NÃO PUDE VIR ANTES E, MESMO ONTEM, COMECEI A ESCREVER E NÃO PUDE TERMINAR A POSTAGEM. AÍ VAI...




                                                                      eu e ele :
Esse é o  ME 92/2018.

Seu editorial:

Mais um mês de março. Mais um Dia Internacional da Mulher.
Apesar de ainda precisarmos de tantas mudanças, celebramos as alegres e sofridas conquistas. E reivindicamos.
Que se ouça nosso sonoro NÃO - À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER.

Especial em parceria com os movimentos poético-literários Grito de Mujer, de Jael Uribe, de Santo Domingo; Alexandra Magalhães Zeiner, de Augsburg, Alemanha; Carmo de Vasconcelos, Lisboa, Portugal (Antologias Logos e Fênix); Alfred de Asís, Santiago, Chile (Mil poemas por la Paz);

Mulheres Emergentes reivindica a PAZ mundial e o RESPEITO às mulheres!
                                                                                                                 as editoras  

Poetas e poemas participantes do ME 92:

Sobre ser mulher - Anamaria Alves  - Belo Horizonte- MG
Espelho de Mulher - Chris Hermann - Duisburg - Alemanha
Saudade - Jullie Veiga - S.Luís, MA, vive em Curitiba- PR 
A trepadeira... - líria porto - Araxá - MG 
Envelheceu - France Gripp - Gov. Valadares, vive em Belo Horizonte - MG
Paz - Eliane Accioly Fonseca - São Paulo - SP 
Das causas (47) Clevane Pessoa - RN, vive em Belo Horizonte - MG 
O que me resta... - Jussara Santos  Belo Horizonte - MG
A mulher que há em mim - Ivone Gomes de Assis - Uberlândia - MG
Alegorias - Tereza Du`Zai - Itajaí - SC 
Tango Vertical - Rosina Valcárcel - Lima - Peru 
Aviso - Alexandra Magalhães Zeiner - Augsburg - Alemanha 
Profecia - Tânia Diniz  Belo Horizonte - MG 
Paloma - Val Prochnow -  Belo Horizonte - MG 
Traté de ser feliz - Charo Arroyo - Lima - Peru 
Mãe e filha - AnaCarol Diniz Hassui  Belo Horizonte - MG 
Juntas contra o machismo -  Karine Bassi  Belo Horizonte - MG 
Helsinus - Ana Paula Sobrinho - Contagem - MG 
Soneto à mulher - Deise Torres -  Rio Branco - Acre 
Entre rabiscos insistentes... - Lívia Tucci  Curitiba- PR, vive em Belo Horizonte - MG

Ilustrações de
Teresa Yamashita - São Paulo - SP
Clevane Pessoa - RN,  vive em Belo Horizonte - MG 

Por absoluta falta de espaço, por terem aderido já passado o último prazo - e tivemos pouquíssimo tempo - algumas poetas não puderam ser publicadas aqui, o que solucionaremos num próximo número, se assim o desejarem.


Uma vista da Expo ME 29 anos:



A plateia que ficou até o final... eu estou ali no meio,atrás e à esquerda do vestido laranja, rsrsrs

Um dos momentos de minha apresentação...

AnaCarol Diniz Hassui e seu emocionante texto oferecido a mim...


Lívia Tucci apresenta seu poema e o da ausente, por força maior, Clevane Pessoa...

Norma de Souza Lopes em ação...


Ana Paula Sobrinho nos encantando...


 Mariana Botelho e a emoção...


  Eu, Tânia Diniz, poetando...

 Pietra Sousa, cantando e encantando 


Val Armaneli ?

Andréa Roseno ?

outro ângulo...

Perdoem-me as meninas se errei os nomes, e interrogo. Avisem e corrigirei.

Volto logo, queridos.
Chau,t.