terça-feira, 12 de março de 2019

12   Março   2019   Terça


Queridos,
achei no face...
enquanto aguardo as antologias de contos e poesias pelo dia 08 de março, lançadas no Palácio Baldaya...!!!

https://www.facebook.com/conexoesatlanticasbrasilportugal

OCASO (Tânia Diniz)
Nos raros dias
em que você volta a me ver

tudo vale a pena!

A alegria se instala
o sol canta
o jardim fala!...
E, invejoso, o tempo,
o tal cotidiano,
te leva depressa, pobre príncipe.
Nubla minha tarde, e eu, triste rã,
um fiapo de esperança vã,
resto sombria, na calma vazia,
onde se infiltra, tênue,
um fio de poesia.
EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS III - ANTOLOGIA - IN-FINITA 

Adriana Mayrinck Sempre grata pela participação, conexão e divulgação do projeto Tania Diniz. Um abraço do lado de cá do Atlântico.


E em agosto de 2108...

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

DEZ PERGUNTAS A... TÂNIA DINIZ


Agradecemos à autora TÂNIA DINIZ a disponibilidade em responder ao nosso questionário

1 - Como se define enquanto autora e pessoa?

Sou uma sonhadora, em todos os níveis! Acredito no maravilhoso, no surreal, e tento passar isso nos meus textos, pra encantar as pessoas. E me cerco de possibilidades de viver assim, encantada, alegre, fazendo poesia e com tudo que ela me traz de trocas, amigos, beleza. Em tratamento de saúde há 20 anos, combato o câncer com essa alegria, em especial.

2 - O que a inspira?

Tudo. Um sonho, uma palavra, uma emoção, a natureza - adoro e pratico haicais - desejos, realizados ou não, enfim... de onde vislumbrar o Belo, pode vir um poema.

3 - Existem tabus na sua escrita? Porquê?

Não. A única coisa que evito, especialmente no meu jornal poético Mulheres Emergentes, são palavras mais pesadas, mais rudes, que aos meus ouvidos quebram a beleza, embora, reconheço, às vezes estão muito bem colocadas em textos ótimos.

4 - Que importância dá às antologias e colectâneas?

Creio que são fundamentais como veículo de divulgação. De entrosamento entre autores. Oportunidade para muitos escritores que, às vezes, não têm outros meios, ou são iniciantes, buscando caminhos. Um delicioso encontro de estilos para o leitor.

5 - Que impacto têm as redes sociais no seu percurso?

A velocidade e alcance das notícias trazem encontros e grande força na divulgação. Um instrumento fundamental, na atualidade. Sem as redes sociais, em meu longo momento de fortes tratamentos de saúde, provavelmente estaria no esquecimento, ou à beira disso. E sou jurássica em tecnologias! Devo minha participação nas redes (e demorou!!!) ao incentivo e apoio de minha filha AnaCarol, que há tempos nomeei co-editora do ME pela decisiva e permanente colaboração.

6 - Quais os pontos positivos e negativos do universo da escrita?

Acho super positivo dar vida a belas mensagens da alma, o encontro dos pares, as realizações, as interações, troca de experiências, incentivos, projetos em conjunto, enfim, convivência. De negativo, na verdade vejo pouco, algumas sabotagens de quem não compreende que há espaço para todos. Já sofri algumas.

7 - O que acredita ser essencial na divulgação de um autor?

Permanência no noticiário, bom trabalho a ser mostrado, participação em eventos, criatividade, gratidão.

8 - Quais os projectos para o futuro?

Muitos livros, ainda na gaveta; quem sabe - mais uns 30 anos de ME, rsrsrs; uma festa de celebração pelos 30 anos; participação e criação de eventos; viagens, tanta coisa!!! Mas, tranquilidade e saúde, acima de tudo.

9 - Sugira um autor e um livro!

São tantos! Acho difícil escolher apenas um mas, como adoro o fantástico, sugiro Garcia Marquez e Isabel Allende. Na poesia, não consigo escolher, amo tantos!

10 – Qual a pergunta que gostaria que lhe fizessem? E como responderia?

Nenhuma em especial, todas que quiserem. As respostas serão sinceras sempre.

Acompanhem, curtam e divulguem esta e outros autores através deste link

Nenhum comentário: